Prêmio CAPES de teses

05/07/2016 11:34

Prezada Comunidade do PGEAS,

Estão abertas as inscrições para o prêmio CAPES de teses para as teses defendidas em 2015.

As teses para concorrerem ao prêmio Capes devem, necessária e obrigatoriamente, atender aos seguintes critérios de elegibilidade:

I – estar disponível na Plataforma Sucupira da CAPES;

II – ter sido defendida em 2015;

III – ter sido defendida no Brasil, mesmo em casos de cotutela ou outras formas de dupla diplomação.

Os critérios de premiação deverão considerar: a originalidade do trabalho, relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social, de inovação, e valor agregado pelo sistema Educacional ao candidato.

A seleção dos candidatos egressos do PGEAS e que concorrerão ao prêmio CAPES de teses será feito por uma comissão de professores do PGEAS. O período de inscrição será entre os dias 05 a 12/07/2013 e deverá ser realizada através de email para o endereço:

ppgeas@contato.ufsc.br

No campo assunto do email deverá constar “inscrição para o premio CAPES de teses 2016” e no corpo do email o candidato deverá justificar a inscrição com base nos critérios de originalidade e na relevância científica, tecnológica e de inovação.

O resultado da seleção será divulgado no dia 19/07 e a inscrição da candidatura selecionada será feita pelo programa de pós-graduação.

 

Prof. Daniel Coutinho

Coordenador do PGEAS/UFSC

Temas de Mestrado para a turma de 2016

27/06/2016 12:17

Os temas para dissertação propostos aos alunos de mestrado que ingressaram em 2016 estão listados abaixo.

Cada aluno deve enviar um email para ppgeas@contato.ufsc.br com primeira e segunda opções até o dia 29/jul/2016. Pode indicar duas primeiras opções, se for o caso.

Os alunos são encorajados a procurarem os professores para conversar sobre temas de mestrado, tanto os que propuseram como os que (ainda) não propuseram tema.

A alocação definitiva será anunciada até o dia 05/agosto/2016.

 

Professor Título Proposta
Alexandre Trofino Técnicas de Rastreamento de Máxima Potência para Aerogeradores de Pequeno Porte  Tema-MS2016-Prof. Trofino
Carlos Barros Montez Técnicas de Escalonamento de Sono em Redes de Sensores Sem Fio com Algoritmo de State of Charge Embarcado em Nodos Arduino  TemaI-MS2016-Prof. Montez
  Avaliação de Técnicas de Formação de Árvores de Clusters em Redes de Sensores Sem Fio de Larga Escala TemaII-MS2016-Prof. Montez
Daniel Juan Pagano Modelagem e Controle de Sistemas Distribuídos de Geração Fotovoltaica com Sistemas de Armazenamento de Energia  Tema-MS2016-Prof. Daniel Pagano
Eduardo Camponogara Controle Preditivo Satisfatório Prático: Algoritmos e Aplicações  Tema-MS2016-Prof. Eduardo
Ivo Barbi Controlador de Carga para Sistema Fotovoltaico Residencial  TemaI-MS2016-Prof. Ivo Barbi
  Técnicas de Filtragem Ativa da Componente Alternada da Potência nos Inversores Monofásicos Empregados em Sistemas Fotovoltaicos  TemaII-MS2016-Prof. Ivo Barbi
  Sistema de Armazenamento de Energia para uso Residencial TemaIII-MS2016-Prof. Ivo Barbi
  Inversores 12Vcc/220Vca de Baixo Custo e Alta Confiabilidade para Sistemas Fotovoltaicos Residenciais Isolados TemaIV-MS2016-Prof. Ivo Barbi
Jomi Fred Hübner Teste em Sistemas Multiagentes  TemaI-MS2016-Prof. Jomi
  Times de Agentes Autônomos e Veículos Aereos Não-Tripulados  TemaII-MS2016-Prof. Jomi
  Instituições Artificiais para Transações de Ativos em Sistemas Multiagente  TemaIII-MS2016-Prof. Jomi
José Eduardo Ribeiro Cury Modelagem, Análise e Controle de Redes Biológicas Celulares Contactar o professor
Julio Elias Normey-Rico Controle Preditivo: Formulações e Técnicas para Implementação em Sistemas Embarcados  Tema-MS2016-Prof. Julio
Marcelo Ricardo Stemmer Desenvolvimento de um Sistemas de Rastreamento de Objetos (object tracking) em Cenas de Vídeo  TemaI-MS2016-Prof. Stemmer
  Desenvolvimento de Técnicas de SLAM (Simultaneous Location and Mapping) para Navegação de Robôs Móveis com Sistemas de Visão  TemaII-MS2016-Prof. Stemmer
  Desenvolvimento de um Sistema para Identificação de Placas de Veículos usando Técnicas de Processamento de Imagens TemaIII-MS2016-Prof. Stemmer
  Desenvolvimento de um Sistema Biométrico por Análise de Marcha em Cenas de Vídeo  TemaIV-MS2016-Prof. Stemmer
Max Hering de Queiroz Síntese e Implementação de Controle Supervisório para Sistemas de Controle e Automação na Indústria de Petróleo e Gás  Tema-MS2016-Prof. Max
Aplicação de Métodos de Verificação Formal ao Projeto de Programas de CLP na Indústria de Petróleo e Gás  TemaII-MS2016-Prof. Max
Ricardo Moraes Proposta e Avaliação de Algoritmos de Roteamento para Redes de Sensores Sem Fio (RSSF)  Tema-MS2016-Prof. Ricardo Moraes
Ricardo José Rabelo Alinhamento do PMBOK com outro Modelos de Gerenciamento de Projetos para projetos SOA (Service Oriented Architecture)  TemaI-MS2016-Prof. Rabelo
  Abordagens de Integração para Arquiteturas Abertas e Complexas Orientadas a Serviços  TemaII-MS2016-Prof. Rabelo
  Um Modelo de Maturidade de Inovação Colaborativa entre Provedores de Serviços de Software & SOA  TemaIII-MS2016-Prof. Rabelo
Rômulo Silva de Oliveira Um Framework em Java de Tempo Real para a Construção de Aplicações Baseadas nos Conceitos da Norma IEC 61850 TemaI-MS2016-Prof. Rômulo
  Emprego de Linux Perf no Monitoramento da Execução de Aplicações  TemaII-MS2016-Prof. Rômulo
Rodrigo Castelan Carlson Controle de Interseções e Rotatórias Operadas com Veículos Automatizados Tema-MS2016-Prof. Rodrigo Carlson
Ubirajara Franco Moreno Controle de Sistemas NCS  Tema-MS2016-Prof. Ubirajara
Werner Kraus Jr. Controle Operacional em Tempo Real para Transporte Coletivo Urbano Tema-MS2016-Prof. Werner

 

Chamada de Candidaturas para Mestrado – 2016/2

21/06/2016 08:54

CHAMADA DE CANDIDATURAS PARA MESTRADO

 

Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Automação e Sistemas – PGEAS

(Conceito 5 na última avaliação da CAPES)

www.pgeas.ufsc.br

 

Esta chamada tem por finalidade selecionar candidaturas de alunos para o ingresso no curso de Mestrado.

É requisito indispensável para a inscrição ter Plano de Pesquisa e de Disciplinas a serem cursadas.

Público alvo: Engenheiros oriundos de cursos de Engenharia de Controle e Automação, Mecatrônica, Elétrica, Mecânica, Química, egressos de outras engenharias, Computação, Física, Matemática e áreas afins.

 

Área de Concentração: Controle, Automação e Sistemas

Linhas de Pesquisa:

Controle

Automação e Sistemas Mecatrônicos

Sistemas Computacionais

Automação, Controle e Instrumentação para Indústrias de Petróleo e Gás

 

Alguns dados do PGEAS:

– Vários dos grupos de pesquisa que atuam nestas linhas de pesquisa são considerados de excelência nacional, tendo vários projetos e cooperações com empresas e com instituições de excelência nacional e internacional.

– Conceito 5 na CAPES (máximo é 7).

– Informações sobre o Corpo Docente: www.pgeas.ufsc.br/corpo_docente/

– Os candidatos selecionados poderão concorrer a bolsas (quotas CNPq e CAPES) do PGEAS ou usufruir de financiamento de Projeto de Pesquisa pré-definido pelo orientador.

– Documentos necessários: Plano de Pesquisa e de Disciplinas, além dos documentos listados em  http://pgeas.ufsc.br/inscricao-mestrado.

– Formandos 2016/1 podem fazer a inscrição, mesmo que a colação de grau aconteça após o início das aulas.

 

Seleção 

A seleção dos candidatos é realizada por uma comissão de professores e o processo de classificação é resultado da análise da documentação de inscrição do candidato (curriculum vitae, histórico escolar, cartas de referência, plano de pesquisa e plano de disciplinas).
Calendário:
– Inscrição e envio/entrega da documentação:   de 21/06/2016 até 15/07/2016

– Avaliação das candidaturas:                de 18/07/2016 até 22/07/2016

– Divulgação dos resultados:                   25/07/2016

– Início das aulas:                                      08/08/2016

– Número de vagas:                                   05

 

Serão analisados somente os documentos entregues ou que chegarem na Secretaria do PPGEAS até o dia 15/07/2016.

Divulgação de Temas de Mestrado e Alocação de Orientadores

17/06/2016 09:31

Os temas para dissertação propostos aos alunos de mestrado serão disponibilizados no site do PPGEAS a partir do dia 27/06/2016.

Cada aluno deve enviar um e-mail para ppgeas@contato.ufsc.br com primeira e segunda opções até o dia 15/jul/2016. Pode indicar duas primeiras opções, se for o caso.

 

Apresentação dos Temas – Mestrado

02/06/2016 14:16

Entre os dias 06 e 09/06/2016 será realizada a Apresentação do Temas de Mestrado do PPGEAS aos alunos que ingressaram em março de 2016.

A apresentação será na Sala de aula PPGEAS I (piso superior), conforme horários abaixo:

  SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA
  06/06 07/07 08/06 09/06 10/06
14H00 Antônio Coelho Ivo Barbi,Daniel Pagano e Alexandre Trofino
14H15
14H30 Julio Elias
14H45
15H00 Max Queiroz Leandro Becker e Jomi Hübner
15H15 José Cury
15H30 Jean-Marie Marcelo Stemmer
15H45 Ricardo Rabelo
16H00 Ricardo Moraes
16H15  Carlos Montez Rômulo de Oliveira
16H30 Eugênio, Ubirajara e Edson
16H45
17H00 Rodrigo e Werner
17H15
17H30
17H45

Prof. Werner do PGEAS organiza o Observatório da Mobilidade Urbana da UFSC

15/05/2016 10:08

Prof. Werner do PGEAS organiza o Observatório da Mobilidade Urbana da UFSC

No dia 16 de maio, no auditório do Espaço Físico Integrado (EFI), ocorrerá o lançamento oficial do Observatório da Mobilidade Urbana da UFSC. Inscrições gratuitas: www.goo.gl/bKDkD8.

Segundo seu coordenador, prof. Werner Kraus Jr, do PGEAS, o Observatório deverá contribuir com políticas públicas na área de mobilidade urbana, através da promoção de estudos, pesquisas, debates e da elaboração de projetos sobre o tema.

O lançamento do Observatório será seguido pelo Seminário NeoTrans, com programação que inclui apresentações e debate sobre Transporte Aquaviário. Segundo o prof. Werner  os resultados do NeoTrans irão  orientar a montagem do processo de concessão do transporte coletivo metropolitano.

 

 

 

Prof. Werner recebe medalha Professor João David Ferreira Lima

16/03/2016 12:50

Prof. Werner do PGEAS recebe medalha Professor João David Ferreira Lima

A Câmara Municipal de Florianópolis concedeu ontem (15/3/2016) a Medalha Professor João David Ferreira Lima para o Prof.  Werner Kraus Júnior, entre outros. A medalha tem como objetivo homenagear pessoas que tenham prestado relevantes serviços ao ensino superior no município de Florianópolis. Mais informações no site.

O Prof.  Werner Kraus Júnior atua no PGEAS desde a sua criação.

 

 

Curso: Economic Model Predictive Control

08/03/2016 10:22

Entre os dias 28/03/2016 e 01/04/2016 será oferecido no PPGEAS o Curso: Economic Model Predictive Control

O curso será ministrado pelos professores e pesquisadores do CONICET-Argentina: Prof. Alejandro Hernán González e Prof. Antonio Ferramosca
Ementa:

Model Predictive Control (MPC) is the most used advanced control strategy in the industries, mainly due to its capability to fulfill economic objectives, taking into account a dynamic simplified model of the plant, constraints, and stability requirements. In the last years, several economic formulations of MPC have been presented, which overcome the standard setpoint-tracking formulation. The goal of this course is to present, from the beginning, the detailed economic MPC formulations existing in the literature. Main effort will be put in the stability and optimality analysis of the different formulations. Several simulation examples will be analyzed to make a comparative study of the controller economic performances.


Horários do Curso
:

DATA HORÁRIO LOCAL
28/03 08h00 – 10h00

10h00 – 12h00

PPGEAS II

PPGEAS I

29/03 14h00 – 18h00 PPGEAS II

 

30/03 14h00 – 18h00
31/03 08h00 – 12h00
01/04 10h00 – 12h00

14h00 – 18h00

Pre-requisito: ter cursado a disciplina Controle Preditivo do PPGEAS.

Carga horária: 20 horas/aula

Total de Créditos: 1 crédito

 

Prof. André Bittencourt Leal em estágio Senior Pós-Doutoral no PGEAS

01/03/2016 12:48

O Prof. André Bittencourt Leal, Professor da FEJ-UDESC, está entre nós por um ano, em estágio Senior Pós-Doutoral, desde o último dia 1 de fevereiro.

O André atualmente está ocupando a sala próxima ao café.

A título de curiosidade, segue breve resumo das interações formais prévias do André com professores do DAS:
Orientado pelo Augusto Bruciapaglia no estágio curricular no curso de graduação em Eng. Elétrica (formado em 1993)
Orientado pelo Julio Elias Normey Rico no mestrado, com a coorientação do Bruciapaglia (término em 1996)
Orientado pelo José Eduardo Ribeiro Cury no doutorado (término em 2005).

Abaixo, um breve resumo de seu plano de pesquisa para o período:

Título: Controle Supervisório Robusto e Tolerante a Falhas de Sistemas de Grande Porte

Resumo:
Os sistemas de grande porte consistem numa realidade nos dias de hoje e estão presentes em diversas áreas do conhecimento. Em virtude disso, há algum tempo a modelagem e o controle deste tipo de sistema têm sido objetos de pesquisa junto à comunidade de automação e controle. De forma semelhante, a inserção de exigências cada vez mais rigorosas sobre o desempenho e a confiabilidade de sistemas motivou a realização de pesquisas e o desenvolvimento de métodos sistemáticos para a diagnose e prognose rápida e precisa de falhas em sistemas, de modo que esta tem sido uma área de intensa pesquisa nos últimos anos. Tanto o controle de sistemas de grande porte quanto a diagnose de falhas de sistemas foram tratados no âmbito dos chamados Sistemas a Eventos Discretos (SEDs), os quais consistem em sistemas dinâmicos de estados discretos cuja transição de estados se dá através da ocorrência abrupta de eventos. Problemas de complexidade computacional relacionados à explosão combinatória de estados se constituem em importante desafio a ser superado nas áreas citadas. Neste contexto, uma das estratégias mais importantes encontradas na literatura para o controle de sistemas de grande porte consiste na abordagem modular local de síntese de supervisores. Esta abordagem permite que se explore tanto a modularidade da planta quanto das especificações de controle, evitando assim a explosão combinatória de estados decorrente da composição de modelos dos subsistemas que compõem o sistema global. Na área de diagnóstico de falhas de SEDs, o problema da complexidade levou à proposição de diversas técnicas de diagnose descentralizadas e distribuídas. Entretanto, os problemas de diagnose e prognose de falhas têm sido tratados isoladamente do problema de controle supervisório, de modo que o desenvolvimento de técnicas que permitam considerar ambos os problemas conjuntamente consiste em um promissor campo de pesquisa. Assim, este projeto de pesquisa abordará questões relacionadas à síntese de supervisores para sistemas de grande porte levando em conta aspectos de diagnóstico e prognóstico de falhas em Sistemas a Eventos Discretos. Pretende-se investigar questões em aberto na literatura, como o desenvolvimento de algoritmos para a síntese de supervisores modulares locais que levem em consideração a diagnosticabilidade e a prognosticabilidade de falhas em SEDs, explorando especialmente as técnicas de diagnóstico e prognóstico distribuídas e descentralizadas. De forma semelhante ao que foi feito na abordagem modular local de síntese de supervisores, pretende-se propor uma estrutura de diagnóstico e controle que permita explorar a modularidade da planta e das especificações de modo a diminuir a complexidade computacional envolvida na síntese de supervisores não bloqueantes que sejam capazes de garantir certas características impostas pelo projetista, mesmo em situações de falhas ou de comportamentos anormais do sistema.